No amor é tudo tão estranho né? Podemos amar um amigo, um namorado, um animal, alguém da família, uma roupa, uma música, uma banda, um livro, podemos amar o que quisermos, mas o amor nunca é o mesmo, sempre há mudanças, sempre existe uma quantidade, as vezes uma interferência, as vezes uma mistura e até algumas vezes é um ódio que se transforma. É estranho como o amor pode ser confundido, por quantas vezes achamos que o melhor amigo é quem deve estar ao nosso lado como algo mais, ou quantas vezes achamos que amamos algumas pessoas mas não passa de amizade, confundimos o amor que devemos dar as pessoas com o que damos para as coisas, confusões que nos levam a desanimar, a sofrer.. muitas vezes olhamos e achamos que o amor é uma coisa horrível e tenebrosa, que todos nós praticamos, achamos que ele só nós faz sofrer e no final nos deixam no chão com lembranças que nunca conseguimos nos livrar, mas e relembrando todos esses momentos, você ainda acha que o amor é tudo isso? É preciso amar para compreender algumas coisas, é preciso amar para ser feliz, é preciso amar para viver.

Hoje em dia eu acho que posso dizer que não me conheço mais. Posso dizer do fundo da minha alma que eu não me conheço. Antigamente eu era uma pessoa tão forte e para qualquer problema eu dizia “foda-se, eu não preciso de ninguém” e hoje quando me deparo com um problema o que eu faço, choro, é eu choro, choro porque me sinto sozinha, choro e penso que o melhor pra isso passar seria interromper tudo por aqui mesmo, eu penso em como eu era, tento segurar o choro, mas acabo desabando. E porque isso está acontecendo comigo agora? Não dizem que a gente sempre muda para a melhor? Eu estou me sentindo pior, a fragilidade e a emoção me incomodam, a razão ainda me parece muito mais confortável mas e porque eu segui a emoção? Como eu disse a alguns dias eu me sentiria covarde se não seguisse a emoção, mas porque eu ainda quero a razão? Mesmo com a razão dizendo não eu insisto em me contrariar, a minha razão diz para isso ir embora mas a minha mente insiste em trazer de volta, eu mesma estou me contradizendo, por isso eu digo com todas as letras, eu não me conheço mais.

me disseram que o amor é uma mentira, e que eu nunca deveria encontra-lo, quanto mais eu corri, mas ele me seguiu, e agora, ele me encontrou

Agora mesmo eu pensando em mim, pensando na minha vida, pensando em você. Eu nunca pensei que me encontraria nessa situação, sempre soube que um dia meu coração ia ser entregue a alguém, mas sempre pensei que eu não poderia gostar com tal intensidade. Achava o amor uma bobeira e não entendia como as pessoas se sacrificavam tanto por ele, hoje talvez eu entenda melhor. Agora eu estou me arriscando a uma coisa quase impossível, eu não sei o que vai acontecer, não sei como vai ser, não sei se vai dar certo, não sei se vai me fazer bem ou mal, mas eu sei que isto está tão forte dentro de mim que eu me sentiria covarde se não tentasse. Isso tá me magoando, tá me machucando, fazendo eu me sentir mal por não poder fazer nada pra estar ao seu lado, porque hoje o que eu mais queria é isso. Mas por outro lado eu estou feliz, em saber que tenho alguém como você, alguém que eu sei que vai fazer tudo que puder pra me ver bem alguém que eu sei que simplesmente vai me abraçar quando eu precisar disso. E mesmo que eu saia muito machucada de tudo isso, eu vou tentar, eu vou me arriscar, porque toda ferida se cicatriza, por mais profunda que ela seja, e eu sei que eu vou aprender e amadurecer com isso. Por tudo isso eu vou ir até o fim.

A vida é estranha não? Ontem mesmo eu me considerava uma pessoa diferente, uma pessoa mais forte, talvez uma pessoa que não pudesse amar com tanta força, uma pessoa mais fria, uma pessoa diferente.. Mais depois de alguns acontecimentos eu mudei, eu continuo aquela pessoa forte, continuo com a mesma personalidade forte, continuo com a mesma forma, mas a minha mente mudou, hoje eu acredito mais no amor, e se eu penso na simples palavra “amor” vem milhares de coisas na minha cabeça, muitos sentimentos que se unem com esse. Isso me assusta, me assusta muito até, mas eu sou a favor de mudanças, eu acho que mesmo que com elas a gente quebre a cara algumas vezes, no fundo a gente aprende algo e a gente amadurece com isso. E por mais estranha que essa vida seja, ela é boa e passageira.